Categorias
Tubos de Aço

Quando ocorre a corrosão nos tubos galvanizados?

Leia mais

Os tubos galvanizados são um dos mais procurados para quem busca por resistência e durabilidade nas instalações hidráulicas para condução de fluídos e gases.
Ao contrário de outros tipos de tubulação, os modelos galvanizados se diferem pelo seu processo de fabricação e revestimento, no qual o tubo em aço carbono é submetido a imersão completa em um tanque de zinco, chamado de galvanização a quente/a fogo.
A galvanização serve justamente para prolongar a resistência e vida útil destes materiais de processos oxidantes.

Entretanto, se o tubo galvanizado é tão resistente assim ,ele não sofre o risco de corrosão, correto?

Errado!

Embora seja a alternativa de maior durabilidade, mostraremos a seguir algumas situações em que existe o aumento da oxidação nestes materiais:

Em cidades que ficam em regiões costeiras ou litorâneas, a corrosão de estruturas metálicas de todos os tipos é um problema muito comum.

A maresia contribui significativamente para o processo de corrosão. Com isso, naturalmente ocorre um desgaste em um período menor do que aconteceria em outros climas.

A corrosão dos tubos galvanizados também pode ser agravada por outros motivos, como uma galvanização sem controle de qualidade adequado, ou pela reação do uso de argamassas de cimento aditivadas com produtos químicos, que quando aplicadas nas paredes, são agressivas ao revestimento de zinco.

Mas então vale a pena escolher tubos galvanizados a fogo?

Com certeza!

Os tubos galvanizados se diferem dos tradicionais por uma série de motivos.
Essa proteção de zinco em sua superfície e parte interna (galvanização a fogo), garante que sejam um excelente condutor de fluidos e gases, já que aumenta a sua resistência anticorrosiva, diminuindo consideravelmente o risco de vazamentos ou rompimentos, garantindo também que o tubo fique mais resistente externamente, o que o torna uma excelente alternativa para o segmento da construção civil, reduzindo a necessidade de manutenção nas instalações.

Confira alguns exemplos onde os tubos em aço galvanizado são amplamente utilizados:

• Condução de fluídos e gases em geral (água, gás, óleo, ar comprimido)
• Usinas de açúcar e álcool;
• Indústrias química e petroquímica;
• Estruturas metálicas
• Indústria automobilística;
• Sinalização viária, entre muitos outros.

Ao saber mais sobre os tubos em aço galvanizado é importante ficar atento as normas que estabelecem o uso adequado para cada tipo de instalação (falamos um pouco sobre este assunto neste post), e adquirir somente materiais com distribuidores que ofereçam garantia de certificação, qualidade e procedência.

Nossa equipe de especialistas Quality Tubos está a disposição para esclarecer todas as suas dúvidas, fornecendo uma completa linha de tubos e conexões galvanizados com entrega garantida para todo o Brasil.

Para saber mais, acesse nossa loja em www.lojaqualitytubos.com.br
Ou entre em contato com nosso departamento comercial por telefone ou whatsapp: (11) 3107-0000

 

Categorias
Tubos de Aço

O que você precisa saber sobre Tubos em aço para Poços Artesianos

Leia mais

Você sabia que até 2019, no Brasil existiam 2,5 milhões de poços artesianos e, deste número, apenas 12% são conhecidos e registrados pelos órgãos públicos? (De acordo com informações do Instituto Trata Brasil, em parceria com o Centro de Pesquisa de Águas Subterrâneas da Universidade de São Paulo).

A perfuração de poços artesianos tem crescido, principalmente em ambientes rurais ou regiões áridas, a fim de conceder acesso a água potável em regiões que não contam com uma rede de abastecimento.

E onde entram os tubos em aço nessa história?

Os tubos em aço para poços artesianos são necessários no momento em que existe uma previsão no projeto inicial, com o objetivo de conter desmoronamentos ou perda de fluídos, e também para conduzir a bomba até o fundo da perfuração.

Além disso, outro fator importante no uso dos tubos em aço é o revestimento da perfuração e isolamento sanitário, caso a proximidade da obra tenha fontes conhecidas de contaminação do lençol freático.

Outro benefício que podemos listar no uso dos tubos em aço nos poços artesianos são seu baixo custo e alta resistência, quando comparado aos outros materiais presentes no mercado.

Mas quais os tubos para poços artesianos existentes no mercado?

Além dos tubos em aço, existem outros materiais utilizados para perfurações de poços artesianos.

A indicação de cada um deles deve ser orientada por um profissional responsável, que avalie as condições gerais do solo e profundidade da perfuração.

Temos o tubo edutor geomecânico, que é composto por Policloreto de Vinila (PVC) com um encaixe de ponta a ponta roscável. Estes materiais são muito procurados para a instalação de bombas submersas para adução da água no poço artesiano e tem a principal característica de manter a qualidade da água e aumentar a segurança operacional do poço, por conta da sua alta resistência a incrustação e corrosão.

Existem também os revestimentos e filtros geomecânicos, fabricados em PVC, com encaixe ponta-bolsa roscável e paredes externas ranhuradas.

Vale lembrar que, como listado acima, cada modelo deve ser manuseado de acordo com a profundidade do poço e de acordo com as orientações de um profissional técnico qualificado para esta análise. Por conta disso, é importante procurar por empresas especializadas na área, para que o trabalho seja realizado com estudos de solo e equipamentos adequados, evitando prejuízos durante o processo de perfuração e implantação.

E se você estiver procurando por tubos em aço para poços artesianos, conheça nosso trabalho!

Somos referência na distribuição de tubos em aço NBR 5580 desde 2010. Temos uma equipe qualificada para te auxiliar com eficiência e agilidade! Nossos tubos possuem pronto embarque para todo o Brasil!

Visite nossa loja e confira : www.lojaqualitytubos.com.br

Ou entre em contato pelo telefone/whatsapp (11) 3107-0000

Categorias
Tubos de Aço

Tubos em Aço — Faça a escolha certa

Leia mais

Inicialmente, os tubos em aço possuem diversas especificações para as mais variadas aplicações.

Desde instalações mais complexas em indústrias e usinas, bem como nas instalações hidráulicas mais comuns em edificações, residências e comércios.

Porém, para cada finalidade de uso, existe um padrão regulamentador que define quais serão suas especificações, como:

– A qualidade da matéria prima;

– Fabricação do tubo;

– Os testes de qualidade que são submetidos para aprovação, entre outros.

De maneira geral, os tubos em aço são amplamente utilizados em vários estágios da construção civil, sejam para instalações hidráulicas, instalações elétricas ou estruturas metálicas.

É muito importante conhecer sobre as diferenças entre estes materiais, nesse sentido, evitando transtornos pelo uso de tubos incompatíveis com sua finalidade.

O uso de materiais incompatíveis pode acarretar em enormes prejuízos, colocando em risco seu projeto e instalação.

No Brasil, a regulamentação deste material é definida pela ABNT (associação Brasileira de Normas Técnicas).

Os tubos em aço mais comuns utilizados nas construções e instalações

Instalações Hidráulicas – ABNT NBR 5580

Também conhecidos como “DIN 2440” em referência a uma antiga norma alemã utilizada antes da ABNT.

Nas instalações hidráulicas, o tubo em aço mais utilizado costuma ser o padrão ABNT NBR 5580, que define as especificações de tubos para condução de fluídos e gases não corrosivos em geral.

Resumidamente, a norma define que estes tubos podem ser fornecidos com ou sem costura (solda longitudinal), com fabricação em aço carbono (pretos) ou galvanizados (revestimento protetor de zinco), com pontas lisas ou roscadas (roscas padrão BSP ou NPT).

Devido a sua alta resistência e durabilidade — por serem naturalmente a prova de fogo — são os tubos mais utilizados em instalações de redes de combate a incêndio (sistemas de hidrante).

Os materiais são fornecidos em barras com 6 metros de comprimento e passam por um teste de qualidade que confere a “estanqueidade” das barras, chamado “Eddy Current”.

Este teste verifica falhas ou vazamentos, garantindo que os materiais atendam a um padrão de qualidade para aplicação.

Instalações Elétricas – ABNT NBR 5597 e NBR 5598

Em instalações elétricas, os tubos de aço utilizados são chamados de eletrodutos galvanizados.

São tubos fornecidos com 3 metros de comprimento,  utilizados para proteção de condutores elétricos, cabos de comunicação, transmissão de dados e similares.

Os eletrodutos galvanizados correspondem as normas ABNT NBR 5597 (roscas NPT) e NBR 5598 (roscas BSP), e podem ser fornecidos com ou sem solda longitudinal.

Por padrão, cada uma destas barras é fornecida com uma luva encaixada em uma das extremidades.

Estruturas metálicas – ABNT NBR 6591

Para fins estruturais, por fim, temos uma variação mais ampla de tubos, a ABNT NBR 6591.

De antemão, esta norma define o uso de tubos em aço carbono com solda longitudinal (com costura) e abrange além dos tubos redondos, os tubos quadrados e retangulares (também conhecidos como “metalons”).

Igualmente chamados de “tubos estruturais”, eles são amplamente utilizados em construção de andaimes tubulares, guarda corpos, corrimões, cercas, alambrados, grades e portões, podendo ser fornecidos “pretos” (em aço carbono) ou galvanizados.

Por serem tubos dispensados de ensaios e testes de estanqueidade, frequentemente são destinados exclusivamente para uso em estruturas metálicas, não sendo indicados para utilização como condutores de fluídos e gases.

Categorias
Tubos de Aço

Aço Carbono e Aço Galvanizado: Descubra a Diferença

Leia mais

Em dúvidas sobre a diferença entre aço carbono e aço galvanizado? Então, preparamos um artigo especial para você. Afinal, na hora de construir ou reformar é necessário encontrar equipamentos de alta qualidade e resistência que garantem a segurança e proteção na estrutura do seu projeto.

Pensando nisso, separamos as principais características e diferenças em tubos galvanizados e de carbono. Assim, você pode escolher a opção que mais se adequa a sua necessidade. Além disso, aproveite a variedade da Quality Tubos e encontre os melhores tubos para sua instalação elétrica e hidráulica!

Materiais em aço carbono: mais resistência para obras industriais

Os tubos, válvulas e conexões de aço carbono são muito populares entre os especialistas. Cada vez mais, construções civis e industriais a utilizam, podendo ser a peça-chave para uma obra mais segura.

Isso porque eles possuem uma alta resistência a tratamentos térmicos. Além disso, os produtos em aço carbono possui diferentes tipos, variando a quantidade de carbono utilizada na fabricação da peça. Dessa forma, existe tubos em aço carbono com no máximo 0,30% do elemento, até 0,60%, ou ainda, 1,00%.

  • As chapas de baixo carbono, por exemplo, podem ser utilizadas em construções civis, perfis estruturais e no setor automobilístico.
  • Já em aplicações em rodas, equipamentos ferroviários, engrenagens, por exemplo, você encontra as de médio carbono.
  • Por fim, as peças com altos níveis de carbono, bem mais resistentes, utilizadas em martelos, serras, talhadeiras e muito mais.

Conexões e tubos galvanizados: mais resistência para construções

Ideais para uma obra mais segura e completa, os tubos galvanizados garantem a durabilidade das instalações elétricas e hidráulicas por onde passam fluídos não corrosivos como água, vapor, óleos entre outros. Assim, eles são garantia de ambientes muito mais seguros.

processo de galvanização é bem simples e rápido, porém, existem duas formas de fazer a imersão. Isso porque, os tubos galvanizados a fogo são submetidos a banhos de zinco em alta temperatura, para assegurar a uniformidade interna e externa da peça.

Enquanto isso, os tubos galvanizados a frio, fabricados por choque eletrostático, recebem o banho de zinco apenas na parte externa da peça. No geral, devem ser utilizados para estruturas metálicas como alambrados, corrimãos, andaimes e outros.


Leia também: Saiba o porquê escolher tubos e conexões galvanizadas
Aço Carbono e Aço Galvanizado

Entenda a diferença entre aço carbono e aço galvanizado

Com as evoluções do mercado, é possível encontrar inúmeros modelos de aço para estruturas industriais e civis. Mas, a diferença está mesmo na composição das peças.

Isso porque, o primeiro é composto por ferro e carbono que pode sofrer com os impactos da corrosão. Já os tubos e conexões galvanizadas, mergulhados em banhos de zinco, oferecem muito mais resistência e durabilidade para as peças.

Contudo, vale lembrar que processos industriais de diferentes segmentos utilizam os dois tipos de processos. Por isso, que você avalie bem suas necessidades e encontrar os materiais mais adequados.

Compre tubos de aço carbono e galvanizados na Quality Tubos! 

Agora que você já sabe a diferença entre aço carbono e galvanizado, é hora de escolher a peça ideal para o seu projeto. Para isso, você pode contar com a variedade de materiais do catálogo da Quality Tubos.

Loja Online da Quality Tubos

Os Tubos Galvanizado à Fogo, por exemplo, é perfeito para condução de fluídos não corrosivos como água, vapor e gás. Além disso, você pode utilizado em redes de incêndio e instalações industriais e residenciais. Entre em contato e solicite o orçamento de suas peças ideais para a estrutura do seu projeto. Escolha a Quality Tubos e surpreenda-se com a qualidade dos nossos materiais, fabricados pelas melhores usinas do país. Aproveite!