Categorias
Instalação hidráulica Registros e válvulas

Quais as válvulas de uso mais comum nas instalações hidráulicas

Leia mais

Um sistema hidráulico é composto por tubos, conexões, registros e válvulas, e tem como finalidade conduzir fluídos e gases para diversos fins em todos os tipos de indústrias, edifícios e residências.

Nas instalações hidráulicas, os registros e válvulas tem a função de controlar, bloquear e reter os fluídos nas tubulações.
Cada válvula possui uma função específica, e por isso devem ser utilizadas de acordo com o planejamento do projeto, assegurando desta forma o perfeito funcionamento de toda a instalação.
De forma geral, as válvulas hidráulicas são nomeadas de acordo com a sua função mais básica. Sendo assim, elas podem ser válvulas de segurança, de descarga, de frenagem, redutora de pressão, de sequência, entre outras.

Neste artigo, vamos apresentar as válvulas de uso mais comum nas instalações hidráulicas, e algumas de suas principais características.

São elas:

Registro de gaveta bruto:

De uso muito comum em redes de distribuição, poços artesianos, redes de hidrante, e sistemas para captação de água para fins domésticos ou prediais, são utilizadas para liberar ou bloquear o fluxo de fluídos nas instalações. Possuem sistema de controle através de giro de volante, que faz com que o disco interno da válvula cause o bloqueio ou liberação do fluxo.

Registro globo 45°:

Encontrados em abrigos de hidrante para combate a incêndio, servem para abastecer e controlar o fluxo de água pressurizada para as mangueiras. Seu uso em conjunto com os demais equipamentos que compõem os abrigos, deve ser feito pelos bombeiros ou pela brigada de incêndio previamente treinada para este fim.

Válvula de retenção horizontal:

As válvulas de retenção horizontal são responsáveis pelo controle de fluxo em instalações de baixa ou média pressão. Se destacam por possuírem uma “portinhola” que abre e fecha automaticamente com a passagem do fluxo. Como o nome sugere, devem ser instaladas sempre em posição horizontal.

Válvula de retenção vertical:

As válvulas de retenção vertical controlam o fluxo em instalações de média pressão, e dependem da pressão dos fluídos para empurrar seu obturador para cima, liberando a passagem do fluxo. Se a pressão da linha não for forte o suficiente para abrir o obturador, a válvula se fecha automaticamente com a força da gravidade.

Válvula redutora de pressão:

A válvula redutora de pressão reduz e estabiliza a pressão dos fluídos nas instalações.Seu uso é indicado quando a pressão dos fluídos nas instalações puder exceder a pressão máxima permitida de qualquer um dos outros dispositivos que fazem parte da instalação. Seu uso é indicado para instalações de acondicionamento, sanitário, irrigação, distribuição de ar comprimido, proteção contra incêndio e instalações sanitárias em edifícios.
Válvula esfera: Esta peça de uso bastante comum em residências e sistemas de ar comprimido,utiliza uma esfera oca, perfurada e pivotante para controlar o fluxo de fluídos ou gases de uma abertura para outra dentro de uma tubulação. É acionada com apenas ¼ de volta. Ou seja, para obter o fechamento ou abertura é necessário apenas um quarto de giro, ou um movimento de 90°.

Válvula fundo de poço metal:

Também conhecidas como Válvulas de Pé com Crivo, são instaladas na parte inferior das tubulações verticais que contém sucção por bombas, com o objetivo de reter a coluna d’água quando houver paralisação das bombas, facilitando dessa forma sua reativação.

Importante destacar que, assim como as demais peças que compõem qualquer sistema hidráulico, é fundamental o uso de registros e válvulas com garantia de origem e procedência, e que atendam os padrões de qualidade especificados pela ABNT/NBR.

O uso de peças de má qualidade ou sem as certificações adequadas podem causar danos e prejuízos irreparáveis em uma instalação, como vazamentos, danos na estrutura das edificações causadas por infiltração, ou até mesmo explosões em instalações de redes de gás.
Vale lembrar que os projetos hidráulicos assim como sua execução devem ser realizados por profissionais habilitados e competentes.

Conheça nossa loja online e confira uma ampla variedade de registros e válvulas, com qualidade e certificação para suas instalações.

Acesse: www.lojaqualitytubos.com.br

 

Categorias
Tubos de Aço

Tubos em Aço: Como fazer a escolha certa?

Leia mais

Os tubos em aço possuem diversas especificações, para as mais variadas aplicações.

Desde instalações mais complexas em indústrias e usinas, como nas instalações hidráulicas mais comuns em edificações, residências e comércios.

Porém, para cada finalidade de uso, existe um padrão regulamentador que define quais serão suas especificações, como:

– A qualidade da matéria prima

– A maneira com que este tubo é fabricado

– Quais  os testes de qualidade que precisam ser submetidos para aprovação, entre outros.

De maneira geral, os tubos em aço são amplamente utilizados em vários estágios da construção civil, sejam para instalações hidráulicas, instalações elétricas ou estruturas metálicas.

É muito importante conhecer sobre as diferenças entre estes materiais, evitando transtornos pelo uso de tubos incompatíveis com sua finalidade, o que pode acarretar enormes prejuízos colocando em risco seu projeto e instalação.

No Brasil, a regulamentação deste material é definida pela ABNT

(associação Brasileira de Normas Técnicas).

Os tubos em aço mais comuns utilizados nas construções e instalações

Instalações Hidráulicas – ABNT NBR 5580

Também conhecidos como “DIN 2440” em referência a uma antiga norma alemã utilizada antes da ABNT.

Nas instalações hidráulicas o tubo em aço mais utilizado costuma ser o padrão ABNT NBR 5580, que define as especificações de tubos para condução de fluídos e gases não corrosivos em geral .

Resumidamente, esta norma define que estes tubos podem ser fornecidos com ou sem costura (solda longitudinal), com fabricação em aço carbono (pretos) ou galvanizados (revestimento protetor de zinco), com pontas lisas ou roscadas (roscas padrão BSP ou NPT).

Devido a sua alta resistência e durabilidade, e por serem naturalmente a prova de fogo, são os tubos mais utilizados em instalações de redes de combate a incêndio (sistemas de hidrante).

Estes materiais são fornecidos em barras com 6 metros de comprimento, e passam por um teste de qualidade que confere a “estanqueidade” das barras, chamado “Eddy Current”. Este teste verifica possíveis falhas ou vazamentos e garante que os materiais atendam a um padrão de qualidade para aplicação em sistemas de condução de fluídos e gases em geral.

Instalações Elétricas – ABNT NBR 5597 e NBR 5598

Para as instalações elétricas, os tubos em aço utilizados são chamados de “eletrodutos galvanizados”.

São tubos fornecidos com 3 metros de comprimento,  utilizados para proteção de condutores elétricos, cabos de comunicação, transmissão de dados e similares.

Os eletrodutos galvanizados correspondem as normas ABNT NBR 5597 (roscas NPT) e NBR 5598 (roscas BSP), e podem ser fornecidos com ou sem solda longitudinal (com ou sem “costura”).

Por padrão, cada uma destas barras é fornecida com uma luva encaixada em uma das extremidades.

Estruturas metálicas – ABNT NBR 6591

Para fins estruturais, temos uma variação mais ampla de tubos, a ABNT NBR 6591.

Esta norma define o uso de tubos em aço carbono com solda longitudinal (com costura), e  abrange além dos tubos redondos, os tubos quadrados e retangulares (também conhecidos como “metalons”).

Também chamados de “tubos estruturais”. eles são amplamente utilizados em construção de andaimes tubulares, guarda corpos, corrimões, cercas, alambrados, grades e portões, podendo ser fornecidos “pretos” (em aço carbono), ou galvanizados.

Por serem tubos dispensados de ensaios e testes de estanqueidade, são destinados exclusivamente para uso em estruturas metálicas, não sendo indicados para utilização como condutores de fluídos e gases.

Categorias
Incêndio

Caixas de Hidrante: Tudo o que você precisa saber

Leia mais

As caixas de hidrante , também conhecidas como abrigos de hidrante ou de mangueira, são itens obrigatórios em edificações que possuam mais de 1 imóvel.

Como o nome sugere, são abrigos responsáveis por conservar e armazenar os itens essenciais de uso para combate a incêndio, como as mangueiras, registros e esguichos.

Devem ser instaladas em locais estratégicos e de fácil acesso, de acordo com o projeto do engenheiro ou responsável técnico, seguindo todas as normas vigentes do corpo de bombeiros descritas no AVCB para emissão de alvará de funcionamento.

Os abrigos, ou caixas de hidrante podem ser encontrados em metal, vidro, acrílico e alvenaria, porém os mais comuns são as caixas metálicas com pintura antichamas na cor vermelha.

As normas técnicas definem que as caixas para hidrante devem ter entre 75 cm a 90 cm de altura e entre 45 cm a 120 cm de largura.

A proporção varia de acordo com o tamanho da mangueira e do hidrante que estarão acomodados.

Neste artigo, apresentaremos algumas informações relevantes sobre este assunto.

Quais os tipos mais comuns de caixas de hidrante?

Existem modelos diferentes de caixa de hidrante para cada situação e, por conta disso, você deve ficar atento e saber escolher cada tipo de acordo com a necessidade do ambiente. Confira:

Abrigo de embutir:

Este tipo de caixa de hidrante é a mais procurada para locais com pouco espaço para circulação, já que permite que seja embutida na parede, oferecendo uma otimização do espaço onde será instalada.

Abrigo de Embutir

Abrigo de sobrepor:

Ao contrário do abrigo de embutir, este modelo de caixa de hidrante é externo à parede e pode ser utilizado em qualquer lugar, desde que não interfira na circulação. Ambos são ótimas alternativas para instalações industriais, residenciais e comerciais.

Abrigo de Sobrepor

Abrigo para hidrante duplo:

Ao contrário dos dois tipos listados acima, esta caixa de hidrante conta com uma maior dimensão, a fim de possibilitar o armazenamento de dois conjuntos de mangueiras de incêndio. Geralmente são utilizados em edificações com grande volume de circulação de pessoas, como shopping centers, teatros e cinemas.

Também são encontradas nas opções para embutir ou sobrepor

Abrigo para Hidrante Duplo

Agora que você conhece os principais modelos de caixa de incêndio, conheça também a Quality Tubos!

Somos referência na distribuição de materiais para instalação de redes de combate a incêndio, com os melhores materiais e condições de fornecimento!

Clique abaixo e conheça nossa loja Online, com muitos benefícios e entrega garantida para qualquer lugar do Brasil! 

Compre online na Quality Tubos